Azeite de Oliva

azeite de olivaAzeite de oliva – (Por Giovana Guido)

O azeite de oliva extra virgem está popularizando-se cada vez mais na mesa do brasileiro. O produto é reconhecido como alimento funcional  (benefícios extras além da nutrição), pois possui vários antioxidantes capazes de prevenir doenças do coração, câncer e também fortalecer o sistema imunológico.

Entre as opções de óleos existentes no mercado atual, o azeite é considerado o mais benéfico ao organismo, fora o preço que caiu consideravelmente dado chance a muitos terem o prazer de degustar esse maravilhoso produto.

O papel dos antioxidantes existentes nele é inibir os radicais livres circulam no organismo e que podem causar muitos danos à saúde. Lembrando que são várias as situações que aumentam produção de radicais livres: estresse, exercícios intensos, fumo, má-alimentação, poluição, doenças, etc.

O hábito de uma alimentação rica em azeite será capaz de reduzir o colesterol LDL (mau colesterol) e aumentar o HDL (bom colesterol) que protege as artérias e reduz os triglicérides do sangue. Ao consumir azeite estaremos ingerindo cerca de 77% de gordura monoinsaturada, o melhor tipo de gordura existente. Ao contrário do que muitos pensam, mesmo sendo calórico, dificilmente as gorduras monoinsaturadas viram depósito corporal, pois elas tem outras funções metabólicas como: produção de hormônios, hidratação de pele e unhas, absorção de algumas vitaminas e proteção contra o frio.

O melhor tipo de azeite é o prensado a frio com acidez menor que 1%. O ideal é de até 0,5%. Outra observação: por ser um óleo puro e muito sensível, o azeite não deverá ser consumido quente ou passar por processos em que haja forno ou fogão. A melhor forma de manter sua gordura saudável e vitaminas é consumi-lo cru e frio (sobre alimentos quentes ou frios).

Azeite

A razão pela qual você deve escolher o azeite extra virgem é o fato de que ele é elaborado a partir da prensa a frio das azeitonas mais frescas e sadias da coleta. O extra virgem preserva todas as qualidades do fruto, tornando-o mais puro, saudável e saboroso. Evite o azeite de oliva normal, é uma mistura do azeite virgem com o refinado, tornando o sabor e a qualidade da gordura inferior (mais gorduras saturadas e menos monoinsaturadas). Onde usar em qualquer alimentação apropriada em especial nas saladas.

Essencial aos esportistas e atletas uma vez que seu aporte calórico é alto e oferece boa nutrição ao organismo. Para quem quer ganhar massa, deverá consumir azeite 3x/dia (3 colheres de sopa) para que a dieta seja reforçada com mais calorias e para quem quer emagrecer, consumir o azeite de 1-2x/dia.

—X—

O azeite de oliva pode ser um grande aliado para combater doenças, trata-se de doenças cardiovasculares que podem reduzir em até 30%, segundo a pesquisa da especialista Joima Panisello na primeira palestra do Plano de Promoção do Azeite no Brasil, a qual foi realizada na embaixada da Espanha.

De acordo com a especialista, o azeite reduz doenças como diabetes, depressão e mais, “O azeite é um alimento milenar e que as pessoas não imaginam que podem ser incorporado no dia a dia. Ele ajuda na redução das doenças cardiovasculares, diabetes, depressão e câncer de próstata, de colo e mama”.
Informações: Dra. Joima Panisello, especialista em Dieta Mediterrânea, veio ao Brasil à convite da “Campanha Azeite sua Vida” para mostrar os seus benefícios à saúde em uma palestra realizada em Novembro/2013 – Síbaris-Produções Gastronômicas.

Fonte: Giovana Guido – Autora dos e-books

>>> Nutrição Esportiva Fácil
>>> Receitas Para Ganhar Massa Muscular
>>> Guia de Alimentos e Suplementos Para Ganhar Massa Muscular

 

Para mais detalhes e informações sobre esse e outros assuntos voltados a saúde, bem-estar, qualidade de vida entre outras novidades interessantes, fique ligado aqui no Guia Saudável. Inscreva-se para saber dos lançamentos no seu e-mail!

Deixe seu comentário