Panela Velha é que faz Comida boa?

… já cantava o filósofo Sérgio Reis.

Comparação utilizada quando, em uma certa situação, algo já usado apresenta um desempenho melhor que algo novo, tal como as panelas.
Deixando o Significado musical de lado, vamos aos utensílios domésticos, será que existe uma que seja melhor ou uma que faz mal?

Muitos pensam que uma boa saúde começa com uma boa alimentação, mas a verdade é que o início vem ainda antes: no utensílio de preparo dos alimentos (Acupuntura Guarujá-Panela Velha é que faz comida boa! Será?).

Confira uma seleção de panelas e tire suas dúvidas.

panela

Cerâmica

As panelas de cerâmica, antigamente, liberavam cádmio e chumbo, mas as mais novas não tem mais esse risco. É fácil de limpar, e mantém o alimento aquecido por mais tempo. Observe se tem selo de qualidade. Indicadas para cozidos, cremes e sopas de legumes.

Cobre

A panela de cobre, se não for revestida, pode liberar cobre aos alimentos, que em excesso, leva ao aumento de produção de radicais livres, e interage com outros minerais, levando a outros problemas de saúde.

Atenção na hora da compra!

Vidro

As panelas de vidro possuem vantagem de não transferir nenhuma substância química ao alimentos, mas elas são pesadas e caras, e uma das maiores queixas é que é preciso desligar antes do tempo para a comida não queimar.

O vidro não é um material tóxico e também permite que a comida seja guardada dentro dela, por isso são as mais indicadas pelos especialistas pois, não elimina nenhum resíduo aos alimentos. Cuidado, elas quebram com facilidade. Apesar disso são seguras para uso na máquina de lavar louça.

Ferro

Estudos indicam que o mineral liberado durante o cozimento traz benefícios à saúde. E quanto mais antiga, maior a transmissão dele. Fora a durabilidade que é muito grande.

Se o alimento ficar na panela por mais de horas, pode interferir na cor e no sabor desse alimento. Exige mais paciência no preparo dos alimentos pois o aquecimento da panela é lento. E sim, essa panela libera ferro aos alimentos combatendo a anemia pois o mineral presente se mistura ao alimento, quanto mais velha maior é a transmissão. Para quem usa em fogão a gás é uma boa pedida pois, conserva melhor a temperatura. Faça a opção de cabos de madeira. Se você gosta de fazer pratos típicos com molhos e peixes a pedida é a panela de Ferro.

Ferro Fundido

Já são mais versáteis e charmosas e podem ser usadas de vários tipos de fogões e fornos. Por segurança use fogo baixo para não queimar os alimentos e não coloque a panela quente em pedras frias, não é aconselhavel choques térmicos. Seque a panela após lavar (não pergunte porquê?)

Inox

As panelas de inox são fáceis de lavar, duram bastante e permitem que os alimentos sejam guardados nela. A maior desvantagem é a liberação de um metal chamado níquel quando nova, que também pode ser tóxico ao organismo. Para evitar essa liberação, assim que você comprar a panela, coloque água e ferva até 3 vezes, desprezando a água de cada fervura.

Não é indicada para frituras, o óleo pode aquecer demais. Por isso cuidado com o tempo de cocção (cozimento), a comida pode passar do ponto. É mais resistente porque resiste a variações bruscas de temperatura. Ela não libera substâncias tóxicas depois de curtida (acima).

Alumínio

A panela de alumínio é uma das piores opções para a saúde, por causa da liberação do metal, que se acumula no organismo predispondo a doenças. Não deixe os alimentos esfriarem na panela.

Esmaltadas

As famosas panelas de ágata possuem a camada de esmalte que impede o desenvolvimento de bactérias. São mais usadas para cozinhar pequenos alimentos, molhos e sopas. Na hora da limpeza não use materiais ásperos e produtos químicos fortes.

Pedra-Sabão

As panelas de pedra-sabão são uma das mais antigas da história da culinária e têm a vantagem de durarem por muitos e muitos anos. Não possuem cheiro, não alteram o sabor dos alimentos e os mantêm quentes por longo tempo. Não são atacadas por ácidos e são bonitas.

A natureza anti-aderente e a capacidade de reter calor por muito tempo são as características mais atrativas. Mas as qualidades não param por aí. Qualquer prato pode ser preparado nessa panela entretanto, ganha melhor sabor os pratos especiais como feijoada, frango com quiabo ou paneladas de peixe. A panela é comprada ”crua”, por isso a cor dela é clara. Entretanto, antes de ser utilizada, é necessário que ela seja preparada ou curada.

Conclusão: Panela velha para fazer uma comida boa vai depender do material que consiste a panela.

– A ideia em publicar esse artigo partiu da postagem na página do face “Chega de Adiar” da nutricionista Angélica Padilha. Não deixem de curtir!

fontes: Como Escolher Panelas  //  Panela Velha

No Guia Saudável  você encontrará muitas outras informações a respeito de artigos relacionados a saúde, bem-estar e qualidade de vida. Cadastre-se ao lado e receba, novos lançamentos e assuntos pertinentes a alimentação saudável, tão importantes para nossas vidas.

Deixe seu comentário