Regras básicas para uma boa alimentação

São João passou. Muita canjica, muito mungunzá, quentão, milho e a danada da balança insiste em mostrar uns números a mais. E agora? O que fazer? O primeiro pensamento é: “Vou entrar em dieta!” Então, vamos conhecer umas regrinhas básicas e fáceis para uma boa alimentação? 

Que tal adotar umas regras básicas para uma boa alimentação?

– BEBER água! É importante manter o corpo hidratado para mantê-lo em perfeito funcionamento. Lembra das aulas de química? A maioria das reações química precisa de água para acontecer ou têm como produto a ÁGUA. E com o nosso corpo não é diferente.

– Evitar ingerir líquidos nas principais refeições. Para uma boa digestão o nosso organismo precisa que o ácido clorídrico (aquele que atua no estômago fazendo a nossa digestão) atue da melhor forma possível, quando ingerimos qualquer líquidos junto com as refeições, além de estar diluído o ácido clorídrico em água e dificultando a sua ação, também estamos enchendo o espaço do nosso estômago com líquido. Que tal optar por frutas ricas em água após o almoço como forma de matar a vontade de tomar um suco?

– Mastigar BEM e DEVAGAR! Já falei aqui antes a importância da boa mastigação para uma boa digestão e uma boa nutrição. Com o corre-corre do dia a dia, cada vez mais as pessoas esquecem uma função importante da boca, a de mastigar. Precisamos almoçar em 30 minutos e ainda temos contas a pagar nesse intervalo de tempo, e a mais prejudicada com tudo isso é a mastigação. Devemos nos lembrar que o nosso estômago não possui dentes. E que partículas maiores, são mais difíceis de serem digeridas.regras básicas

– Frutas e Verduras, são sempre bem vindas. Quantas vezes você olha para o seu prato e fica feliz com o que vê? Ou melhor, quantas vezes você já parou para analisar o que está no seu prato? A maioria dos brasileiros elaboram pratos conhecidos como “Preto e Branco”. O que seria isso, um prato com arroz (BRANCO), feijão (PRETO) e frango ou carne (mais para o BRANCO ou PRETO, a depender da escolha). E a salada? O colorido do nosso prato vem das verduras, legumes e folhosos. E o seu prato? É preto e branco? Que tal colocar um colorido nele?

– Essa todo mundo conhece! Comer a cada 3h. Além de amenizar a fome entre uma refeição e outra, essa prática faz com a perda de peso seja facilitada.

– Frituras e alimentos ricos em gorduras também são alguns vilões que devem ser evitados. Ainda mais depois de uma festança como o São João.

– E o açúcar? Esse é outro GRANDE vilão. Então vamos trocar pelos adoçantes? NÃO! Só se você tiver diabetes. E mesmo assim, um nutricionista irá lhe indicar um adoçante melhor para o seu caso. Mas para uma pessoa saudável não há necessidade de adoçantes. Chega dos artificiais na vida. Vamos tentar degustar o sabor do alimento sem aditivos (açúcar ou sal), mas claro que isso requer tempo e dedicação para se adaptar ao novo paladar. E quem aqui está falando de pressa? Estamos falando de hábitos que podemo mudar a nossa alimentação e fazer com que a gente saia daquele “efeito sanfona”, velho conhecido.

E então? Pronto para começar a colocar em prática? Mas não se esqueça… antes de começar uma dieta é IMPORTANTE ser avaliado por um profissional Nutricionista e um Médico, pois eles irão determinar quais as melhores condutas para o seu caso. Afinal de contas, cada pessoa é um indivíduo único e diferente.

 Fonte:  ANutricionista.Com – Francis Moura Santos – CRN5 3243/P – Telefone: (71) 8834-7631.

 

Deixe seu comentário