Sal: Benefícios e Malefícios

A principal fonte de sódio na alimentação é o sal comum, que é empregado rotineiramente na cozinha, no processamento dos alimentos e à mesa. 

O sal também é muito utilizado na conservação de alimentos, assim, alimentos industrializados, como temperos prontos, enlatados, embutidos, queijos e salgadinhos, contêm grande quantidade de sódio.

E é aí que está o perigo. Você sabia que o consumo elevado de sódio pode causar efeitos negativos no nosso organismo?

Eles são grandes e estão relacionados ao aumento no risco de Doenças Crônicas Não Transmissíveis, entre elas a hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, doenças renais e aumento de doenças autoimunes. O consumo elevado também agrava a osteoporose e afeta o paladar.

sal

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a recomendação do consumo máximo de sódio é de menos de 2000mg (2g) de sódio por pessoa ao dia, equivalente a menos de 5g de sal, sendo que 40% do sal são compostos de sódio. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revelam, no entanto, que o consumo do brasileiro está em 12 gramas diários, valor que ultrapassa o recomendado.

E o que fazer para não ultrapassar essa recomendação?

Reduza o sal adicionado aos alimentos, evite o saleiro à mesa e reduza o consumo de alimentos industrializados, como enlatados, conservas, frios, embutidos, sopas, temperos, molhos prontos e salgadinhos. Vale observar os rótulos das embalagens e comparar a quantidade de sódio nos alimentos, optando sempre por aquele que possui menos sódio. Se a quantidade de sódio for superior a 400mg em 100g do alimento, este é considerado um alimento rico em sódio, sendo prejudicial à saúde, devendo ser evitado. Inúmeras evidências mostram benefícios na restrição do consumo de sal: redução da pressão arterial, menor prevalência de complicações cardiovasculares, menor incremento da pressão arterial com o envelhecimento, possibilidade de prevenir a elevação da pressão arterial e regressão de hipertrofia miocárdica B.

Se você gostou desse artigo, te convido a se reeducar e a testar a receita abaixo. Consuma os ingredientes do dia-a-dia na medida certa. Substitua os produtos industrializados por naturais, pois quanto menos componentes artificiais, mais saudável será a sua alimentação.

salSal de ervas

Ingredientes ½ xícara de sal

1 xícara de gergelim

1 xícara de café de ervas finas

1 xícara de café de orégano

Modo de preparo: Coloque todos os ingredientes em um processador ou liquidificador e pronto.
Armazene em um recipiente de vidro e utilize em todas as preparações.

Artigo: Sal  Autor: Nutricionista Dra. Angélica Padilha

Interesse Guia Saudável e conheça a origem do sal: 

Bem Antigamente, o sal estava associado a salário e saúde.

Salário: No antigo Império Romano os soldados recebiam o sal como moeda de troca, por isso a palavra salário, uma vez que era considerado algo de muito valor.

Saúde: As expressões latinas para saúde e saudável, salus e salubris, são derivadas de sal.

No Guia Saudável  você encontrará muitas outras informações a respeito de artigos relacionados a saúde, bem-estar e qualidade de vida. Cadastre-se ao lado e receba, novos lançamentos e assuntos pertinentes a alimentação saudável, tão importantes para nossas vidas.

2 Respostas para Sal: Benefícios e Malefícios

  1. Sara Silva disse:

    Gostaria de saber porque devemos evitar o saleiro. Quais os malefícios de adicionar o sal na comida pronta?
    Obrigada
    Sara Silva

    • guiasaudavel disse:

      Olá, Sara
      Explicamos um resumo dos vários problemas que o sal pode causar em nossa saúde, o melhor é evitar mas, nem tudo está perdido se você tem um acompanhamento de um nutricionista ou médico!
      Obrigado por acompanhar nosso site!

Deixe seu comentário